A função do conselho


Instituído pela Lei Municipal nº 11.663/2018, o Conselho LGBT foi uma das primeiras iniciativas, em 2017, da administração do prefeito José Crespo, que não só propôs à Câmara a criação do órgão, como também não mediu esforços para que fosse bem acolhido e aprovado na Casa de Leis. Isso elevou o município de Sorocaba ao status de uma das poucas cidades que contam com um conselho municipal voltado exclusivamente ao público LGBT.

A proposta do Conselho LGBT é a de fortalecer a participação social e, para além disso, ser um órgão de articulação entre o Poder Público e a sociedade civil, estimulando a formulação e proposição de diretrizes de atuação governamental voltadas para o combate à discriminação e para a promoção e a defesa de direitos do segmento.